Recentemente, fizemos um estudo para um de nossos clientes para avaliar alternativas para reduzir seu custo com o licenciamento do Dynamics 365. Confira neste post nossas descobertas.

Cenário Atual de Licenciamento do Dynamics 365

Nosso cliente assina o Dynamics 365 Enterprise Online para Vendas e Serviços, mas utilizam o “dual user rights” para licenciar seu Dynamics 365 instalado localmente.

Licenciamento

Durante o estudo, verificamos que eles utilizam apenas algumas entidades nativas: Clientes Potenciais, Oportunidades, Contas, Contatos, Ocorrências e menos de 15 entidades personalizadas. Tendo em vista que estas entidades que fazem parte tanto da versão Enterprise como da versão Professional, encontramos o primeiro ponto de otimização.

Além disto, verificamos que alguns usuários apenas consultam informações, fazendo um uso muito leve do Dynamics 365. Aqui, encontramos o segundo ponto de otimização: utilizar licenças Team Member para estas pessoas.

Resultado do Estudo

Conhecendo estas informações, fizemos uma simulação de licenciamento e descobrimos que eles podem reduzir em aproximadamente 50% o custo de licenciamento trocando as assinaturas de Dynamics 365 Customer Engagement Enterprise por assinaturas Dynamics 365 Professional e Team Member. É uma boa economia, sem prejuízo para as atividades normais dos usuários.

Entretanto, acabamos encontrando uma restrição. As licenças Professional não possuem “dual user rights”, ou seja, podem ser utilizada apenas para acessar o Dynamics 365 Online. Apenas licenças Enterprise e Team Member possuem “dual user rights”.

Desta forma será necessário migrar o Dynamics 365 local para a nuvem (Dynamics 365 Online) antes de realizar a troca de licenciamento. Como o cliente já estava estudando esta possibilidade, a redução de custos de licenciamento adicionou mais um incentivo para a migração, além da utilização de recursos exclusivos do Dynamics 365 Online, maior segurança e eliminação de custos com infraestrutura local.

Dicas para otimizar seu licenciamento do Dynamics 365

Atualmente há uma infinidade de possibilidades de licenciamento para o Dynamics 365, combinando os diversos aplicativos, add-ons e PowerApps. Desta forma é muito importante entender bem as regras de licenciamento para adotar um licenciamento que maximize o retorno sobre o investimento realizado.

Por isto, é importante conhecer as regras de licenciamento. Às vezes não é uma tarefa fácil, pois o Guia de Licenciamento do Dynamics 365 possui 67 páginas, o Guia de Licenciamento do PowerApps, 23 páginas e são escritos em inglês, há vários conteúdos complementares no Microsoft Docs e as regras têm mudado com frequência. Mas, muitas vezes o benefício pode ser bem grande.

Seu parceiro de implantação Microsoft e a própria Microsoft podem auxiliar sua empresa nesta avaliação.

Observações finais

Este estudo foi realizado considerando as regras de licenciamento vigentes em outubro de 2019. Sempre consulte as regras atualizadas, seu parceiro e a Microsoft antes de tomar alguma decisão.

Aproveite ao máximo seu Dynamics 365 e até o próximo post!